A Dança dos Fantasmas

Icon

714

enquanto esperava pela carreira 714, pensava no amor de dor que deixamos de ser. nas mãos, aquele livrinho de rui caeiro, endereçado aos amigos e a todos e quaisquer apreciadores de papéis que o rabo aproveita. num dos poemas ele escreveu “como tu me dóis” e, eu, que me emocionei de uma ponta à outra, escrevi aquelas palavras em mim e pensei que o nosso amor nada mais era senão uma dor. nunca nos enganamos: nós dois éramos só para nos sentirmos menos sós. eu, no inicio, também me sentia no meio do mar sem terra à vista. a vida não tardou e com ela tu, as mentiras e os enganos. a água do mar é salgada. e eu que nunca rezei nem aspirei a santa, deixei-me estar, contigo, doendo-nos um ao outro.

esperei 60 minutos até entrar na carreira porque sempre que levantava o olhar do livrinho de rui caeiro acabava de partir mais um 714.

Advertisements

Filed under: Do Livros de Afectos

Disse-me,

Hoje o Changuito,

“a grande ignorância de um livreiro tem a saúde de poder ser minorada com toda a sabedoria dos seus clientes”.

Filed under: Notas, ,

Estão por todo o lado,

vestem-se todos de maneira igual e conversam sempre sobre o mesmo: empréstimos, casas, carros, ginásio e pouco mais.

parecem multiplicar-se a cada dia que passa e por isso, dedico-lhes uns versos de rui caeiro,

CROCODILOS – 1
Não me fazem lembrar crocodilos mas humanos
de sexo masculino: bem vestidos, bem barbeados

CROCODILOS – 2
Comem de tudo e até se comem
uns aos outros. As senhoras da alta
adoram a sua pele brilhante e escamosa

CHIMPANZÉS
Copulam rápida e desapaixonadamente
não pretendem chegar a homens tão depressa

[Rui Caeiro, O Carnaval dos Animais, Lisboa: Letra Livre, 2008]

Filed under: Poesia, , ,

Ou no original: “a broom that sweeps the cobwebs away”

Scottie está internado numa unidade de psiquiatria. Midge coloca um disco de Wolfgang Amadeus Mozart no gira-discos.

“Tive uma longa conversa com a senhora da terapia musical. Ela diz que Mozart é o indicado para ti, é a vassoura que varre as teias de aranha. Foi o que ela disse.”

Filed under: Cinema, Música Clássica, , , , ,

Na caixa do correio,

Filed under: Cinema, ,